Puta (+18)

02:01


A origem da palavra puta? Não sei. Pensei em pesquisar, mas desisti. A verdade é que, no fim das contas, ele acabou chamando seu mais doce amor, de puta.

Afinal, no bom contexto de uma cama quente. Puta é bom. Puta é erótico. Puta é aquela chupada que ele sempre desejou receber com gosto. Como não idolatrar os joelhos curvados, a dispor do seu membro? Bem putinha, gostosa!

Porque puta é toda a safadeza de uma rebolada. De uma quicada. De uma tremida. De um grito de prazer, bem gemido que só uma puta sabe dar. Que desperta desejos de todos os sabores. Um verdadeiro paraíso de perdição, desenfreado contornando curvas. Curvas de uma puta para chamar de sua.

Fantasias, to-das por favor. Apaixonado! Enlaçado. Envaidecido por colocar aquela puta de quatro. De deixar a marca de todos os dedos. E a clássica puxada de cabelo que o faz sentir no comando da situação. Descontrolado!

Mas quando vem a desilusão. Quando o amor sutil, externo aos lençóis suados, estremece. No momento em que entre aquelas pernas já não há mais gozo, nem tão pouco paixão. Ah, aí sim a puta é reconhecida de fato.

Não serve mais. Era uma puta!!!!

Você também vai gostar

0 comentários

rodapé

rodapé

Manda um alô!

Posts recentes

Facebook