Já pensou em conhecer Bonito?

23:30


Dos lugares que já visitei, com certeza, o que mais me trouxe paz. Acontece que Bonito/MS tranquiliza a mente. É como se cada pedacinho escondido dentro de toda aquela flora e fauna deslumbrante tivesse poderes mágicos. Os elementos da natureza se unem em total harmonia, e sentir seus poderes, principalmente o da água, é recompensador. Afinal, a viagem pesa no bolso. São cerca de 4 mil reais para garantir bons passeios, hotel, alimentação e transporte, pra uma semana de trip. Mas como dizem os sábios, não é gasto, e sim investimento. Fato, é bonito de viver!!!

Se você é um fissurado por EcoTurismo, Bonito está entre os destinos mais procurados, e extremamente preparado para te atender. Não tem mistério, pack and go! Trilhas, cachoeiras, rapel, grutas. A diversão é garantida para os amantes de uma boa aventura.

Agora, se não é dos mais chegados a natureza, algumas boas dicas podem te convencer a dar um pulo por lá, e renovar as energias. Juro! Sou extremamente urbana, e encontrei em Bonito uma infraestrutura que possibilita uma viagem tranquila, segura, muito confortável, e que encanta com belezas impossíveis de serem vistas ou sentidas em meio a selva de pedras.

Onde ficar?
Bonito conta com serviços de hospedagem maravilhosos. Infelizmente, por má orientação da minha agência de viagem, acabei não escolhendo a melhor, mas até que foi um bom porto seguro pra descansar dos passeios e acordar pronta pra próxima aventura. Não indico, pois fui atrás de outros e encontrei três lugares incríveis pra se sentir mais do que em casa. São eles: Zagaia Eco Resort, Wetiga Hotel e Hotel da Praça.

O que fazer?
Bem, vamos ao que interessa: os passeios; Aliás, vamos aos passeios que eu fiz, pois Bonito conta com mais de 58 opções. Pois é! Dica: procure por uma agência de viagem local, e apenas lá escolha os seus passeios. Acontece que agências da cidade tem muito mais conhecimento dos detalhes de cada opção, e isso faz toda a diferença na hora de montar o roteiro da semana. Indico e super recomendo as gurias da Céu de Estrelas.

AQUÁRIO NATURAL
Já pensou em nadar com os peixinhos? E mergulhar em uma nascente cristalina? Pois bem! Essa é a proposta da flutuação no Aquário Natural. Um verdadeiro paraíso subaquático. Durante um percurso de mais ou menos 900 metros, é possível ver diferentes espécies de peixes e plantas. Um colorido sem igual. A roupa de neoprene e o colete ajudam a flutuar e aquecem o corpo, o snorkel garante uma respiração tranqüila, já a máscara permite visualizar toda a beleza do lugar. E tá tudo incluso no preço: R$ 195,00 com transporte.

Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em


ESTÂNCIA MIMOSA
Se a tua vibe é descarregar energias tomando um bom banho de cachoeira, anote esse nome. Na Estância Mimosa estão localizadas oito cachoeiras, e dá pra se jogar em todas. Definitivamente, de lavar a alma. Passeio com almoço e transporte: R$ 180,00. P.S. A Fazenda Rio do Peixe traz atrativos praticamente iguais à Mimosa, então vale escolher uma entre elas e guardar grana para um passeio em outro estilo.

Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em

BOCA DA ONÇA
Você não pode deixar de visitar a maior e mais bela cachoeira do Mato Grosso do Sul. A Boca da Onça tem 185 metros de queda d'água que vão te hipnotizar. Além de contemplar essa imensidão toda, outras nove cachoeiras fazem parte da trilha, e dá pra tomar banho em duas delas. Já se teu nome é aventura: tem um baita. Passeio com almoço e transporte: R$ 243,00. Opção com rapel: R$ 400,00.

Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em





GRUTA DO LAGO AZUL
Bonito tem milhões de belezas naturais, mas se tivesse apenas essa gruta já estaria justificado o belo nome. As estalactites e estalagmites da caverna são como uma moldura pro lago que é de um azul inexplicável. Passeio com transporte: R$ 80,00.

Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em

O que levar? 
Definitivamente, Bonito não é um lugar pra desfilar os mais incríveis looks do armário. Na bagagem, o essencial resume-se a um kit total conforto. Leve shorts ou leggings, camisetas, tops, roupa de banho, tênis, chinelo, toalha, mochila, protetor solar e repelente. Lembrando que esses dois últimos itens são extremamente proibidos em visitas às nascentes dos rios.

Quando ir?
Claro que o verão é o melhor período pra fazer as malas rumo a Bonito. Mas a cidade recebe turistas durante o ano todinho, e se você for fora da temporada de verão vai rolar descontinho. Março é um mês supimpa, dá tempo de se organizar, heim?

Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em


Onde comer?
Deixe a dieta em casa. As opções gastronômicas de Bonito são de dar água na boca, e cada caloria vale mais do que a pena. Nas fazendas, a comida caseira é deliciosa. Já na cidade, restaurante não falta.

Experimente a exótica e maravilhosa carne de jacaré, no Rei do Jacaré. Tem também pastel dessa iguaria no Pastel Bonito, além de outros sabores locais como Carne Seca com Mandioquinha. De babar! Outros paladares que você precisa sentir são os dos sorvetes e picolés de frutas locais como Jaracatiá e Guavirá.

O destaque gastronômico vai para a Casa do João. Ponto de referência na cidade, o restaurante conta com um cardápio diferenciado, de alta qualidade, além de um ambiente aconchegante e moderno ao mesmo tempo. Pra repetir! Eu fui duas vezes, e só de lembrar estou com água na boca.

Tem Night!
Com shows acústicos, diferentes drinks e petiscos, a pedida pra quem não vive sem uma night é o Taboa Bar. A cachaçaria conhecida por sua tradicional bebida faz parte do roteiro dos mais boêmios, e traz um pouco de agito a essa viagem tão zen. Dica: leve uma caneta, você pode pixar a parede com o seu nome, aham!

Fauna e Flora
É impressionante o número de animais maravilhosos que se aproximam em todos os passeios. Os peixes, as araras e borboletas tão coloridos. A fofura das cutias. O belíssimo Udu, pássaro símbolo da cidade. O assustador, mas até que encantador, jacaré. Impossível listar todos!

Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em


Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em


Viagem em Família
Tive o imenso prazer de viajar com os meus pais, Fábio e Heloísa. E apesar do visual não ser o que mais me favorece ~ o que dizer dos capacetes de segurança ~ rolou muita selfie (tem mais fotos lá no insta @dontaskmewhy.blog - aproveita pra seguir 😁). Afinal, viajar sem registrar não tem graça, eu acho! 

Uma foto publicada por Carolina Schubert (@dontaskmewhy.blog) em

Você também vai gostar

0 comentários

rodapé

rodapé

Manda um alô!

Posts recentes

Facebook